dentista-aparelho-implante-canal-dente-clinica-ortodontia-itaberaba-noticias-gardel-costa

Siga ITABERABA nas redes sociais


 
Saúde Bucal

Tratamento de Canal: O que você precisa saber

Estamos perto das 500 mil visualizações do nosso vídeo sobre tratamento de canal. Aprenda um pouco sobre este assunto tão importante da saúde bucal.

O que é tratamento de canal?
O tratamento endodôntico ou de canal, trata-se da limpeza, medicação e posterior obturação do canal onde se localiza a polpa dental (onde estão o nervo e vasos sanguíneos do dente).

Tratamento de canal realizado e melhora da inflamação.

Por quê realizar o tratamento endodôntico?
O tratamento endodôntico necessita ser realizado quando ocorre inflamação da polpa dentária ou sua necrose (morte), casos em que são notadas dores, sensibilidade excessiva ou abcessos. Eventualmente, para a realização de pontes fixas, o tratamento de canal é indicado se houver um desgaste que possa atingir polpa dental.

O tratamento é doloroso?
Não, mas estamos diante de um procedimento que geralmente é indicado por sintomas dolorosos e então procuramos eliminar toda a dor através da anestesia e/ou analgésicos. Como cada pessoa tem suas próprias características, algumas podem sentir um leve e rápido incômodo que não classificará o tratamento endodôntico por doloroso.

Não é possível restaurar o dente sem o tratamento endodôntico?
Não, pois os casos que são indicados para o tratamento já estão com a polpa inflamada ou necrosada e com microorganismo maléficos, que certamente levarão ao aparecimento de abcessos, granulomas ou cistos, algumas vezes indolores, mas sempre problemáticas.

É demorado?
Um pouco, a depender do dente, podemos ter de 1 a 4 canais que precisam ser bem limpos e ampliados, além do tempo mínimo que é necessário para que as substâncias usadas no tratamento ajam e matem os micróbios presentes no canal. Em muitas situações, o tratamento já é realizado em 1 consulta.

Vale a pena fazer um tratamento endodôntico?
Fazendo o tratamento endodôntico você estará preservando uma estrutura do seu corpo, recompondo ou mantendo sua oclusão, preservando sua capacidade de mastigação, evitando reabsorções ósseas devido à extração dentária e cuidando da sua estética bucal!

Entre 1998 e 2000 tive a oportunidade de realizar meu primeiro curso de pós-graduação em Endodontia com o Prof. José Luis Lage-Marques, um dos mais respeitados pesquisadores do nosso país, professor da Universidade de São Paulo e pós-doutor em Endodontia pela Universidade de Showa-Japão.

Dr. Gardel Costa

Fonte: www.odontologica.med.br

 

Veja também