Política

Temer é reprovado por 94% dos brasileiros, diz pesquisa

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

Primeiro presidente do Brasil denunciado por corrupção ao Supremo Tribunal Federal (STF)no exercício do mandato, Michel Temer (PMDB) é reprovado por 94% dos brasileiros. Segundo a pesquisa “Pulso Brasil”, divulgada mensalmente pelo Instituto Ipsos, apenas 3% da população aprovam o peemedebista e outros 3% não sabem ou não responderam. O levantamento ouviu 1.200 pessoas em 72 municípios e tem margem de erro de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

A rejeição a Temer, a maior já registrada pelo instituto de pesquisas, supera os 80% da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) quando de seu afastamento da presidência pelo processo de impeachment, em maio de 2016, e os 68% de reprovação ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) após sua condenação a 9 anos e meio de prisão na Operação Lava   crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Até mesmo o ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), condenado a 15 anos e 4 meses na Lava Jato e preso em Curitiba, é menos rejeitado que Michel Temer. De acordo com o Ipsos, 93% dos brasileiros “desaprovam totalmente” Cunha, que conduziu o impeachment de Dilma.

Avaliação do governo e os rumos do país

O governo Temer é menos impopular que o presidente. Segundo o Instituto Ipsos, 85% dos brasileiros consideram a gestão do peemedebista ruim ou péssima, 2% avaliam a administração federal como ótima ou boa, 11% consideram-na regular e 2% dos entrevistados não responderam.

Por outro lado, quando perguntados pelo instituto de pesquisas sobre o rumo do país, 95% responderam que o Brasil está no rumo errado e 5%, no rumo certo.