Ocorrências Policiais

Suspeitos de integrar quadrilha de assalto a bancos são presos com roupas camufladas

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

Quatro homens suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em assalto a banco na capital e no interior da Bahia foram presos na quinta-feira, 27, num condomÍnio no bairro do Resgate, localizado no Cabula, em Salvador, com metralhadoras, droga e roupas semelhantes ao fardamento do exército brasileiro.

Foram detidos Elielson Cabral Barbosa Oliveira, de 28 anos, ex-militar do exército e com passagem por porte ilegal de arma, Alexsandro Fonseca Nonato dos Santos, 29, Gregory dos Santos Santos, 21, e Cléber dos Santos Couto, 28, conhecido como ‘Cléber manga’, que já foi preso por roubo de veículo;

De acordo com a polícia, agentes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foram à localidade para verificar uma denúncia de ameaça de morte, mas quando chegaram ao local, próximo ao restaurante Paraíso Tropical os suspeitos saíram correndo. Antes da fuga, eles jogaram uma sacola com a metralhadora calibre 9mm num matagal.

Roupas semelhantes ao fardamento do exército foram encontradas com os suspeitos (Foto: Alberto Maraux | SSP-BA)

Também foram apreendidos com o bando munição, balança e três sacolas com roupas embaladas. Eles vão responder por porte ilegal de arma, associação criminosa e associação ao tráfico de drogas.

A delegada Ana Cristina Santos Silva de Carvalho, titular da 2ª Delegacia de Homicídios, informou, em nota, que o Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) está ajudando nas investigações sobre a participação dos suspeitos em roubos a bancos.