Carros Lançamentos Carros

Sandero melhora NAV Evolution

Sandero melhora Sistema de navegação e multimídia.
Sandero melhora Sistema de navegação e multimídia.

Sem perder tempo, a francesa Renault já equipa o hatch Sandero com a segunda geração de seu NAV, a Evolution, para fazer frente a concorrentes como o MyLink, oferecido no Chevrolet Onyx, e o Nissan Connect, do March, concorrentes que brigam com o Renault Sandero.

Aqui você encontra mais notícias de Itaberaba

O NAV Evolution também está no Duster, Sandero Stepway e Logan. Traz os triviais GPS, conexão Bluetooth, rádio e entrada USB. O dispositivo fica mais completo com a conectividade com as redes sociais Facebook e Twitter, além de fornecer informações em tempo real sobre o trânsito. Ele ainda permite acesso, conectado a um smartphone, a lista de hotéis (usando a base de dados do TripAdvisor) e web rádios de todo o planeta. Quem tem iPhone, também pode selecionar suas músicas favoritas e a lista de contatos com um simples comando de voz, por meio do aplicativo SIRI.

dentista-aparelho-implante-canal-dente-clinica-ortodontia-itaberaba-noticias-gardel-costa

sandero

Todo este pacote tecnológico torna o Renault Sandero uma opção interessante para quem busca um hatch compacto, já na versão intermediária, a Expression. Ela é ofertada com motores flex 1.0 16V e 1.6 8V.

Desempenho – O modelo avaliado por Classiautos carrega o segundo propulsor, acoplado a um câmbio manual de cinco marchas, além do NAV Evolution. A potência máxima do motor é de 106 cavalos, quando abastecido com etanol – com gasolina, chega a 98 cavalos. O torque fica entre 14,5 kgfm (com gasolina) e 15,5 kgfm (etanol).

Tal desempenho permite uma condução sem sustos, especialmente nas retomadas. O câmbio tem engates macios, porém longos e nem sempre precisos. Ao lado do conta-giros, um sinal sempre acende para alertar o motorista para o momento ideal da troca de marchas.

O interior pode até ser simplório no acabamento, principalmente no painel. Entretanto, um amortecedor substitui a inconveniente vareta de metal que sustenta o capô quando aberto – e ela é encontrada ainda em veículos de segmentos superiores. A simples medida evita o risco de acidentes com a tampa do capô. O veículo testado vem com ar-condicionado, volante e bancos dianteiros com ajuste de altura, air bags dianteiros, vidros elétricos nas portas dianteiras, freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem, controle de áudio instalado na barra de direção e sensor de estacionamento traseiro. O ajuste dos retrovisores externos é feito manualmente.

O preço inicial desta versão do hatch da francesa Renault é de R$ 40.060 (com motor 1.0). O modelo testado carrega pacote tecnológico, motor mais potente e pintura metálica vermelho Fogo, que elevam o preço para R$ 45.670.

Fonte: Atarde

Veja também