Celebridades e Entretenimento

Relembre a música que Elton John gravou em homenagem a Lady Di

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

Vinte anos atrás, em 31 de agosto de 1997, o mundo chorou a morte da Princesa Diana, uma das figuras mais emblemáticas da realeza britânica. As homenagens foram inúmeras e esse momento fez com que Elton John lançasse uma nova versão da música “Candle In The Wind” – que em português significa “Vela ao Vento”.

A canção foi originalmente composta em 1973, por Elton John e Bernie Taupin, como homenagem a Marilyn Monroe. Nessa versão, o início da música diz: “Adeus, Norma Jean / Por mais que eu nunca tenha conhecido você de fato” – Norma Jean era o nome de batismo da atriz. No remake de 1997, o primeiro verso é “Adeus, rosa da Inglaterra / Que você possa sempre crescer em nossos corações”.

Me parece que você viveu sua vida

Como uma vela ao vento

Sem nunca perder força ao pôr-do-sol

Quando a chuva começou a cair

E os seus passos sempre estarão aqui

Pelas colinas mais verdes da Inglaterra

Suas velas queimaram muito antes

Sua lenda ficará para sempre

“Candle In The Wind” (1997), de Elton John e Bernie Taupin

Nos anos 1970, “Candle in The Wind” já havia feito um sucesso considerável, mas a versão dedicada a Diana foi um estouro em 1997 e chegou ao topo das paradas ao redor do mundo. Lançada em CD, tornou-se um dos singles mais vendidos da história.

Elton John nunca chegou a tocar o remake em seus shows, mas essa música será sempre lembrada como símbolo de um dos maiores momentos de luto do século 20. Veja a emocionante apresentação que o cantor fez durante o funeral da princesa, no dia 6 de setembro de 2017 :