Itaberaba

Programa Criança Feliz é lançado em Itaberaba

A adesão do município ao Programa reforçou, mais uma vez, o compromisso do Governo Cidade de Todos com as políticas sociais, por meio de ações afirmativas que garantem o acesso a direitos, principalmente aqueles relacionados com o cuidado e atenção com a primeira infância em nosso município.

A Prefeitura de Itaberaba, através da Secretaria Municipal de Ação Social e Cidadania (SMASC), realizou, na tarde da última sexta-feira (27), o lançamento do Programa Primeira Infância no Sistema Único de Assistência Social (SUAS), que integra o Programa Criança Feliz do Governo Federal.

 

A adesão do município ao Programa reforçou, mais uma vez, o compromisso do Governo Cidade de Todos com as políticas sociais, por meio de ações afirmativas que garantem o acesso a direitos, principalmente aqueles relacionados com o cuidado e atenção com a primeira infância em nosso município.

 

Participaram do evento realizado no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS III), localizado no Bairro da Primavera, o prefeito Ricardo Mascarenhas e a vice-prefeita Maria José Novaes, além de representantes do Comitê Gestor do Programa (CGP), do Conselho Tutelar (CT) e do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA).

 

A secretária de Ação Social e Cidadania, Suzana Matias, foi representada, na oportunidade pelo coordenador de Assistência Social, Givanildo Almeida. 

 

O Programa Criança Feliz

 

Através do Programa, será realizado o acompanhamento, através de visitas domiciliares regulares, supervisionadas por Assistentes Sociais, das crianças de 0 a 3 anos e gestantes cadastradas no Programa Bolsa Família (PBF), além de crianças com até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

 

O cuidado com as crianças, sobretudo aquelas em situação de vulnerabilidade social, compõe a pauta de prioridades do Governo Cidade de Todos que vem, ao longo desses 10 meses de gestão, lutando para garantir a efetividade das ações da Rede de Proteção Socioassistencial do município, ampliando o acesso a direitos fundamentais.

 

Para a enfermeira Lana Moraes, representante do CGP, a chegada de mais este serviço é motivo de comemoração para toda a comunidade. “Nós sabemos o quão delicado pode ser uma gravidez e como as dificuldades só aumentam depois do nascimento e durante toda a primeira infância. Por isso, o prefeito Ricardo Mascarenhas e a secretária Suzana Matias estão de parabéns por priorizarem este público”, disse a enfermeira.

 

A presidenta do CMDCA, Clécia Silva Gil Ferreira, destacou o papel político das ações do Conselho que, em parceria com o Governo Cidade de Todos, tem discutido e deliberado sobre as políticas para Crianças e Adolescentes no município, pontuando ainda a importância da participação da comunidade nesse processo.

 

“Nessa perspectiva de cuidar da nossa cidade, de cuidar das nossas famílias e de nossas crianças, é que se implanta o Projeto Criança Feliz. Com o qual será oportunizada a oportunidade do acompanhamento multidisciplinar, da gestação até os seis anos de vida”, ponderou a presidenta. 

 

Priorizando o mais importante

 

A vice-prefeita Maria José destacou a importância da decisão política, tomada pelo prefeito Ricardo Mascarenhas, que está priorizando o cuidado com as pessoas, mesmo diante de toda a crise que afeta sensivelmente os municípios brasileiros.

 

“É preciso se destacar isso. Se hoje o Projeto Criança Feliz chegou a Itaberaba foi porque o nosso prefeito tem a visão de quem respeita a comunidade e coloca as crianças em primeiro lugar”, disse Maria José.

 

“Se os programas estão sendo colocados em prática, se as equipes aqui estão, é porque o prefeito, de fato, está dando apoio e quer que as coisas aconteçam realmente, priorizando o que é mais importante, o bem-estar das pessoas”, analisou a vice-prefeita.

 

Em sua fala, a vice-prefeita pontuou, ainda, que “hoje é o primeiro dia de uma longa vida, que desejamos, para todas essas crianças que estão aqui, junto com cada um de vocês mamães, para que eles sejam, de fato, os representantes da nossa sociedade como nós queremos e como nós sonhamos no futuro”, conclui. 

A participação do pai é fundamental

 

Falando para um auditório composto, majoritariamente, por jovens mães gravidas ou com bebês de colo, o prefeito Ricardo Mascarenhas observou que a presença “dos pais, no plural mesmo, é muito importante para o desenvolvimento das crianças”, disse ele observando que só havia um pai presente ao evento.

 

Em seu breve pronunciamento, o prefeito explicou a escolha do CRAS III para a implantação do Projeto. “Nós escolhemos implantar o Projeto aqui, no CRAS III, porque percebemos que ele abrange localidades ainda muito carentes de proteção sócio assistencial e que precisam, com a máxima urgência, de nossa atenção e cuidado”, disse o prefeito.

 

O CRAS III, da Primavera, atende aos bairros da Primavera, da Alameda das Umburanas I e II (Sem Teto), do Oriente, do Pé do Monte e do Jardim das Palmeiras.

 

Para o gestor, o Programa tem um objetivo muito claro que é “cuidar das gestantes, cuidar das crianças, na sua integridade, até os seis anos de vida. Então, da gestação até a criança completar seis anos, vocês terão acompanhamento completo com assistente social que será o elo de ligação entre o Governo e as demandas dessas pessoas”, assegurou o prefeito.

 

Mesmo com todas as dificuldades, com as instabilidades que a crise atual gera, o Governo Cidade de Todos tem mantido o compromisso de cuidar das pessoas, colocando sempre, como prioridade da gestão, o olhar humanizado para os problemas das pessoas.

Veja também