Ocorrências Policiais

Preso trio suspeito de envolvimento em atentado a policial

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

A Polícia Civil tenta identificar e prender o homem que atirou em um investigador da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV) na tarde desta sexta-feira, 11, no bairro do Uruguai, em Salvador.

O policial foi atingido na perna direita, quando fazia uma incursão no bairro para apurar a denúncia de que dois homens e uma mulher, em um Fiat Punto branco, estavam praticando roubos na área. Ele foi levado ao Hospital Geral do Estado (HGE), medicado e liberado.

Durante a ação, os investigadores das equipes Jaguar 6, 9 e 12 acharam o carro e prenderam Wendel Gabriel dos Santos Ferreira, 23 anos, Franciele Santos Silveira, 22, e Ícaro dos Santos Azevedo, 20. O trio era apoiado por outros criminosos que estavam em um Ford Ecosport branco. O tiro que acertou o agente partiu de dentro do Ecosport. Os suspeitos conseguiram fugir.

Com Wendel, Franciele e Ícaro, além do veículo que tinha a placa clonada (NZL 1933), foi apreendida a réplica de uma pistola. Segundo Getúlio Barbosa, coordenador do Serviço de Investigação (SI) da DRFRV, o Punto, com placa original NZF-0520, foi roubado na segunda-feira, 7, em Águas Claras.

Quadrilha numerosa

“A informação é que a quadrilha é grande, tem muita gente. Eles roubam um carro, deixa esfriando [parado], depois pega para roubar outros”, revelou Getúlio Barbosa. Segundo ele, a polícia investiga se os presos também têm participação em roubos a estabelecimentos comerciais em vários bairros de Salvador.

Dos suspeitos, apenas Ícaro tinha passagem por roubo. Eles foram autuados em flagrante por receptação de veículo roubado, adulteração de sinal identificador de veículo automotor, tentativa de homicídio, dentre outros crimes.

Cidade baixa

Conforme Getúlio Barbosa, o trio integra uma quadilha especializada em roubos de veículos e já vinha agindo na Cidade Baixa, há algum tempo. “Recebemos diversas denúncias. O pessoal informou que dois homens e uma mulher estavam aprontando na área, roubando carros e pessoas nas ruas. Eles negam, mas com certeza, são eles”, afirmou o coordenador.

Barbosa espera que com a prisão de Wendel, Franciele e Ícaro, o número de roubos na localidade sofra uma redução. Ele pede que, caso alguma vítima os reconheça, vá à unidade para registrar ocorrência.