Ocorrências Policiais

Policia prende receptador de objetos roubados de loja em Itaberaba

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

A Polícia Civil prendeu em flagrante na tarde desta terça-feira (16), no bairro Caititu, um dos receptadores das mercadorias roubadas de uma loja de roupa localizada nas proximidades da Praça do Coqueiro.

O Arrombamento do estabelecimento comercial ocorreu no ultimo domingo (14), onde foram furtados diversos objetos.

O Setor de Investigação da Delegacia de Itaberaba recebeu denúncia anônima informando o local onde os objetos subtraídos da loja estariam escondidos. Foi montada duas equipes de Policiais Civis e conseguiram prender em flagrante um indivíduo pelo crime de RECEPTAÇÃO. As investigações continuam para identificar o autor do arrombamento; foi recuperado parte do material que foi furtado da loja.

Providências adotadas:

Foi lavrado Auto de Prisão em Flagrante Delito contra o receptador. O custodiado encontra-se recolhido na carceragem da DT de Itaberaba à disposição da Justiça; o mesmo possui diversas passagens por crimes contra o patrimônio.

A colaboração da população tem sido fundamental para o combate ao crime em Itaberaba através do nosso disque denúncia anônima (75) 9.9120-6609, em que é garantido o absouto sigilo, DENUNCIE.

FONTE: Polícia Civil