Ocorrências Policiais

Polícia encontra plantação com 200 mil pés de maconha

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

Com a utilização de um drone, a polícia encontrou na manhã desta terça-feira, 8, no norte da Bahia, uma plantação com aproximadamente 200 mil pés de maconha, o equivalente a 30 toneladas da droga. A vegetação foi localizada entre os distritos de Ilha Redonda, na cidade de Curaçá, e Pedra Branca e Ibó, em Abaré. Ninguém foi preso.

Conforme a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), essa é uma das maiores plantações de maconha descobertas no estado. A região fica próxima ao ‘Polígono da Maconha’, como é conhecido o conjunto de 13 municípios localizados entre a Bahia e Pernambuco.

A droga foi achada após investigação da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe/Caatinga), que usou um drone para localizar a plantação do alto. “Esta ferramenta é fundamental para a descoberta deste e de outros cultivos da droga na região”, ressaltou o comandante da Cipe, o major Wildon Reis, em nota divulgada pela SSP-BA.

Além da Cipe/Caatinga, participam da operação equipes do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer), 20º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e da 45ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM). As unidades permanecerão na roça para retirada da droga. A polícia acredita que serão necessários mais de 10 dias para concluir a remoção de toda a plantação, que será posteriormente incinerada.