Ocorrências Policiais

Operação prende quatro por envolvimento com tráfico de drogas

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

Apontados pela polícia por envolvimento no tráfico de drogas, quatro homens foram presos em Salvador, na tarde desta sexta-feira, 28, durante operação da Delegacia de Homicídios Múltiplos (DHM), que cumpriu mandatos em bairros da capital baiana. Um suspeito conseguiu fugir.

José Renato Balbino, 29, Marcos Vinícius Lopes da Silva, 23, e Jeanderson Moreira da Silva, 23, foram flagrados embalando drogas, em uma casa na rua Raimundo Viana, no Vale das Pedrinhas. Com o trio, policias da 40ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Nordeste de Amaralina), que também participaram da ação, apreenderam maconha, cocaína, uma pistola, um revólver, munições, R$ 144 em dinheiro, uma balança de precisão, uma faca, uma caderneta com supostas anotações do tráfico e pinos para cocaína.

Já no bairro de Santa Cruz, Uanderson Nascimento do Espírito Santo, 20, foi detido com uma pistola calibre 9 mm, munições, maconha e crack. Em outra região, a polícia encontrou na casa de Willian Roberto Bispo dos Santos, na rua Vietnã do Sul, na Chapada do Rio Vermelho, maconha, uma espingarda, uma submetralhadora, cinco facas, pinos vazios para embalar cocaína e outra caderneta com supostas anotações do tráfico. William, um dos alvos da operação, conseguiu fugir.

Todos têm passagens por tráfico de drogas, informou a polícia. Eles foram autuados por porte ilegal de arma, tráfico de drogas e associação para o tráfico. Os suspeitos foram encaminhados ao sistema prisional e o material apreendido seguiu para a perícia do Departamento de Polícia Técnica (DPT). As armas serão submetidas ao IBIS (Sistema de Identificação Balística), para saber se já foram usadas em homicídios nas regiões que eles foram presos.