Celebridades e Entretenimento

Oito programas da RedeTV!, SBT e Record que vão tarde

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

Com o corte do sinal analógico, assinantes de TV paga de São Paulo (exceto os da Vivo) perderam os canais RedeTV!, Record e SBT. A interrupção se deve por falta de acordo entre operadoras por assinatura e as três emissoras, que se recusam a continuar oferecendo o sinal de graça às empresas pagas. No quesito qualidade, no entanto, diversos programas do trio paulista não farão a menor falta aos telespectadores. Confira oito atrações que vão tarde.

Casos de Família (SBT)
O programa de auditório vespertino comandado por Christina Rocha é um festival de xingamentos, choros e brigas entre os convidados e a própria apresentadora. Exibido diariamente, tem temas apelativos como “fique esperto, meu amor, se não vai levar chifre” e “eu tô gato, minha mulher tá um bagulho”. Christina se esforça para ser barraqueira: expulsa do estúdio, aos berros, marido agressivo, filha com vergonha de mãe humilde e adulto preguiçoso sustentado pela mãe.

Primeiro Impacto (SBT)
Acostumado a fazer experimentações com sua programação, o SBT colocou um jovem de 18 anos para apresentar um de seus jornalísticos. O adolescente Dudu Camargo, que era o Homem do Saco no programa Fofocando, virou âncora do jornal, ao lado do controverso Marcão do Povo. Não deu certo, é claro. Por causa da baixa audiência, a emissora anunciou nesta semana que o programa fica a cargo de Marcão do Povo, acusado de racismo ao chamar a cantora Ludmilla de “macaca”.

Máquina da Fama (SBT)
No programa apresentado por Patricia Abravanel, artistas anônimos prestam, vá lá, homenagens a ídolos pop. Montados com fantasia e maquiagem, os aspirantes ao sucesso tentam imitar as celebridades, com resultados muitas vezes constrangedores. A própria filha número 4 de Silvio Santos cantou Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim, hit de Ivete Sangalo. Com direito a corpo de baile e gelo seco, a performance vergonha alheia virou piada nas redes sociais.

SuperPop (RedeTV!)
A produção do programa se supera em encontrar pautas dominadas por fofocas e baixarias. No programa de entrevistas, convidados — Thammy Miranda, Pepê e Nenem e Sabrina Boing Boing estão sempre por lá — revelam “bombas” como “o tempo do sucesso de Xuxa acabou”, profecia de Robério de Ogum, e “o flagra da peladona de Congonhas foi armado”, afirmação do assessor de imprensa Cacau Oliver. Luciana Gimenez trata dos assuntos mais toscos com a maior naturalidade.

João Kléber Show (RedeTV!)
O apresentador não economiza no vale tudo pela audiência. Duelo de mulheres seminuas na banheira do reality show “Casa da Tentação”, pegadinhas com apelo sexual e maluquices como a fulana viciada em água de salsicha são assuntos da atração. Exibido no domingo à noite, horário nobre da TV, o programa se autointitula uma “opção de entretenimento para toda a família”. Ahã.

Sensacional com Daniela Albuquerque (RedeTV!)
O show dominical está mais para sensacionalista do que sensacional. Reportagens como “Ronaldo Ésper: não sou mais homossexual” e “Menor casal de anões do mundo mostra casa adaptada”, feita por um cover de Silvio Santos, dão uma ideia do que se trata. Daniela Albuquerque se esforça e tenta até dançar com os bailarinos do programa. Não rola.

Domingo Show (Record)
Em formato batido, a atração explora histórias de amores impossíveis, animais abandonados e filhos que não conhecem os pais. Matérias com apelo de audiência, como o “filho secreto do cantor José Rico”, se arrastam até esgotar a paciência dos telespectadores. Geraldo Luís, o apresentador, recorre à emoção fácil sem constrangimento.

Legendários (Record)
A modelo Juju Salimeni é “desafiada” a comer brigadeiro com minhoca, enquanto Blade, o assistente de palco, canta uma música com a cabeça enfiada na água e Geraldo Luís “revela” não usar cueca. Pérolas assim dominam o programa de humor, que começou com um elenco talentoso — com João Gordo, Miá Mello e integrantes do Hermes e Renato —, mas descambou para quadros com piadinhas sem graça comandadas por Marcos Mion.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.