Notícias

Medida da Anatel pode bloquear celulares de 40 milhões de brasileiros

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

Cerca de 40 milhões de brasileiros podem ter os celulares bloqueados por conta de uma medida da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) que entra em vigor até o final do ano. Quem comprou aparelhos sem a certificação da agência, responsável por regular o setor, pode ser atingido. A informação é de O Globo.

Com a novidade, o registro dos celulares importados sem certificação da Anatel, não será válido. Esse registro, conhecido como Imei, é um número único de cada aparelho.

 O objetivo da Anatel é combater o comércio irregular de eletrônicos. O número de lojas e sites que vendem telefones sem homologação tem crescido nos últimos anos. Segundo O Globo, em 15 de setembro as empresas de telefonia devem avisar aos clientes, via SMS, que o aparelho não está regularizado e será bloqueado. Depois de 75 dias da notificação, o telefone poderá ser bloqueado.
 Quem comprou o telefone fora do Brasil não terá o aparelho bloqueado caso ele tenha sido certificado por alguma organização estrangeira que faça parte da Associação Internacional do Setor, a GSMA, da qual o Brasil faz parte. Os fabricantes grandes estão neste grupo.

Para ter total segurança, no entanto, só checando tudo antes de comprar. “O único caminho seguro é, antes de comprar um celular, pedir para ver o aparelho, abrir a caixa, ver o selo da Anatel, verificar o Imei, ir ao site da agência para ter certeza de que o celular é homologado. Só assim para ter segurança total”, afirma Fabro Steibel, diretor do Instituto de Tecnologia e Sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.