Itaberaba

Mais de 3,5 mil pessoas já foram imunizadas em Itaberaba

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

Desde que o caso do homem diagnosticado com Febre Amarela em Itaberaba, nesta quinta-feira (11), foi confirmado pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB), a Prefeitura de Itaberaba tem trabalhado intensamente para garantir a máxima eficiência do bloqueio ao vírus.

Medidas para evitar a proliferação foram tomadas pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS) que, em parceria com a SESAB, iniciou, tão logo soube da confirmação, o bloqueio vacinal no município e a pulverização de inseticida, popularmente conhecida como fumacê, por onde o paciente passou.

Segundo informações da SMS, em dois dias de vacinação, mais 3,5 mil pessoas, da cidade e do campo, já foram imunizadas. Isto porque, além dos postos de Saúde do município, também o Expresso Saúde está realizando a vacinação nas localidades por onde passa. Mais de 40 mil doses foram disponibilizadas pelo Governo da Bahia.

O diretor do Núcleo Regional de Saúde (NRS), Edy Gomes, informou que estão sendo aplicadas doses integrais da vacina, que imunizam os pacientes por toda a sua vida, ao contrário da dose fracionada, anunciada pelo Ministério da Saúde, com validade imunológica de 8 anos apenas.

A Vigilância Epidemiológica (VIEP) do município intensificou as ações pontuais, aplicando larvicida nos pontos focais, com prioridade para os bairros onde o paciente diagnosticado esteve e suas adjacências, além da população que mora ou trabalha nessas localidades que deverão ser imunizadas logo.

Todos os postos de saúde do município estão realizando a vacinação, e ?amanhã, ?sábado (13), as unidades estarão abertas o dia todo em caráter especial, com equipe completa, com médico e equipe de enfermagem. A vacinação, neste primeiro momento, deve durar cerca de 15 dias, segundo a SESAB.

Quem deve, de fato, tomar a vacina contra a Febre Amarela são as crianças a partir de 9 meses até adultos com até 59 anos de idade. Pessoas com idade acima de 60 anos e gestantes precisam passar por avaliação médica antes de receber a imunização. A vacinação não é recomendada para pessoas com doenças como lúpus, câncer e HIV, devido à baixa imunidade.

Ao se dirigir aos postos de vacinação o paciente deve lembrar de levar o seu cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), além do carteira de vacina. Quem já recebeu a dose integral já está imunizado.

Segundo informações do Ministério da Saúde, a doença se torna aparente de três a seis dias após a infecção. Os sintomas iniciais são febre, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza.