Itaberaba

Itaberaba sedia reunião para organização e legalização do transporte alternativo da Chapada Diamantina

A primeira reunião para organização e posterior legalização dos motoristas dos transportes alternativos da região da Chapada Diamantina foi realizada na última sexta-feira (26), no Salão de Reunião da prefeitura municipal de Itaberaba. O debate sobre a mobilidade urbana, com a atenção do poder público à acessibilidade do cidadão, principalmente àquele que depende totalmente do transporte público coletivo intermunicipal, foi conduzido pelo advogado especialista em Direito Administrativo (na área de transporte), Ivan Alves Soares.

Participaram dessa reunião os motoristas de vans de municípios como Itaberaba, Utinga, Andaraí, Marcionílio Souza, Itaetê, Iaçu, dentre outros. A iniciativa do encontro foi do prefeito de Itaberaba, Ricardo Mascarenhas (PSB), apoiado por prefeitos da Chapada, como Valdes Brito (PT), de Itaetê; Guilma Soares (PT), de Nova Redenção; e Joyuson Vieira Santos (PSL), de Utinga. Todos preocupados com essa categoria, que vem sendo combatida pelas rígidas investidas da Agencia Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia e Transportes e Comunicação da Bahia (Agerba).

“O objetivo dessa primeira reunião com os donos das vans que fazem linha nos municípios da Chapada Diamantina é ver como podemos ajudá-los a organizar e legalizar o Sistema Alternativo de Transporte, que está sendo licitado no Estado da Bahia. Nesse primeiro contato observamos que eles estão querendo se organizar, já fundaram até uma Associação, ou seja, estão se unindo para poder participar da Concorrência Pública”, declarou Ivan Soares.

Durante a I Reunião, Soares esclareceu questionamentos levantados pelos motoristas presentes, orientando e chamando a atenção para importância da união da classe. “É bom lembrar que essa I Reunião foi para nos familiarizarmos da situação. Agora, juntamente com o prefeito de Itaberaba, Ricardo Mascarenhas, vamos voltar à Agerba para definir o número de linhas, o número de vagas e posteriormente voltaremos em uma II Reunião para deflagrar esse processo de legalização de todas as pessoas que trafegam ilegalmente ainda na região”, declarou o advogado Ivan Soares.

O advogado contou ao Jornal da Chapada que há a possibilidade dos motoristas de vans trafegarem normalmente com a aquiescência da Agerba caso o prefeito Ricardo converse com o órgão estadual até a legalização. “Porém, o posicionamento da Agerba hoje é continuar a fiscalização, multando e apreendendo os veículos que estão irregulares”, concluiu Soares.

Entre os donos de vans presentes estava Jorge Ricardo Oliveira Santos, mais conhecido como Jorge Quito, que representou a Associação dos Motoristas de Transporte Alternativo da Chapada Diamantina (AMTACD). A associação já existe há mais de oito anos e estava desativada.

“Reativamos a AMTACD, que já conta com nova diretoria cadastrada, registrada, agora com o apoio de Dr. Ivan Soares e do prefeito de Itaberaba, Ricardo Mascarenhas, abraçando nossa luta. Vamos nos organizar para buscarmos a vitória, que é a legalização do Transporte Alternativo da Chapada Diamantina”, ressaltou Jorge Quito.

Também participaram da reunião o titular da Ouvidoria Municipal de Itaberaba Lucas Haine, representando o prefeito Ricardo Mascarenhas e o advogado Rogério Lima de Oliveira, representando a Câmara Municipal de Vereadores de Itaberaba.

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.