Celebridades e Entretenimento

Guilherme Arantes detona The Voice: ‘Só tem espaço para imitações’

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

O cantor e compositor Guilherme Arantes resolveu opinar sobre um dos programas de maior sucesso da Globo atualmente. Em entrevista à Folha de S.Paulo, Arantes falou sobre reality shows de música, mais precisamente o The Voice Brasil. Segundo ele, os estilos apresentados nesses programas são distantes da realidade brasileira e não passam de imitação de cantores estrangeiros.

“Os reality shows de música seguem uma valorização da voz que vem da cultura anglo-americana. O Brasil tem uma cultura mais minimal, mais sussurrante, coisa mais ligeira e criativa nas canções. ”The Voice” é um fenômeno alienígena para o Brasil. O que se vê ali é uma profusão de gente cantando Beyoncé, Mariah Carey, aquela coisa circo. São vozes circenses, emuladoras. Ali não há a legitimidade de surgir uma Maria Gadú, uma Céu, uma cantora com mais personalidade. Ali não há espaço para a criação, só para a imitação. Esse é o espaço que tem na TV”, ponderou.

A fase das audições às cegas do “The Voice Brasil” estão encerradas e o “X Factor Brasil” entra na reta final.