Esportes

Goleiro é suspenso por 1 ano por frango suspeito – e bizarro

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

Um jovem goleiro norte-coreano se envolveu em um escândalo no futebol asiático por causa de uma grave falha. À primeira vista, o lance parecia apenas bizarro e cômico. No entanto, os replays levantaram diversas suspeitas de má fé de Jang Paek Ho, goleiro da equipe sub-16 da Coreia do Norte. O jovem atleta viu suas imagens rodarem o mundo graças a um frango sofrido no Campeonato Asiático da categoria, em setembro. Nesta sexta-feira, Jang Paek Ho foi punido com um ano de suspensão pela federação da Ásia por sua atitude suspeita.

A jogada aconteceu na derrota por 3 a 1 para Uzbequistão, em setembro. Quando o jogo ainda estava empatado sem gols, o goleiro uzbeque Jasurbek Umrzakov deu um chutão para frente. Jang Paek Ho, então, tentou se antecipar ao lance, saiu da área, mas errou uma cabeçada de forma grotesca. O pior estava por vir: o goleiro norte-coreano ainda teria tempo de evitar que a bola entrasse, mas escorregou na entrada da área de maneira altamente suspeita. Assista:

As circunstâncias do jogo reforçaram a hipótese de o frango ter sido proposital. Uzbequistão e Coreia do Norte estavam já classificados na primeira fase e quem perdesse aquela partida enfrentaria, em tese, uma equipe mais fraca nas quartas de final – Omã –, enquanto o vencedor encararia o Iraque, que terminou sendo o campeão. A Coreia da Norte avançou às semifinais, nos pênaltis e, com isso, garantiu vaga no Mundial.

Nesta sexta-feira, a Confederação Asiática de Futebol impôs ao goleiro de 16 anos e também ao treinador da seleção sub-17 da Coreia do Norte, Yung Jong Su, um banimento de doze meses além do pagamento de multa, por “colocar o esporte em descrédito”. Por isso, os dois estão proibidos de participar da Copa do Mundo da categoria, na Índia, em agosto de 2017.