Notícias

Ex-candidata é presa depois de se passar por vítima de Brumadinho e ganhar R$ 65 mil

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

Ana Maria Vieira Santiago, de 57 anos, se candidatou a deputada pelo MDB-DF em 2014 e acabou presa por estelionato após se passar por vítima da tragédia de Brumadinho (MG). De acordo com o jornal O Tempo, ela declarou ter um terreno no Parque da Cachoeira, área atingida pelo rompimento da barragem da Vale, e conseguiu R$ 65 mil de doação.

A Polícia Civil informou ao jornal O Tempo que a ex-candidata foi presa em 18 de março. O juiz Rodrigo Heleno Chaves determinou que a liberdade provisória de Ana Maria só acontecerá quando ela devolver os R$ 65 mil, por meio de depósito.

Policiais contar que Ana diz ser agropecuária e afirmou ter um imóvel na área atingida pela barragem de rejeitos em Brumadinho. Com isso, ela conseguiu o dinheiro. Investigações mostram que ela chegou a convencer alguns moradores da região a dizerem que a conheciam e, por essa razão, eles foram indiciados por falsidade ideológica. A fraude foi descoberta quando identificaram que a ex-candidata mora no Distrito Federal.