Notícias

Emagrecer comendo em frente ao espelho!

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

Parece incrível, mas há uma nova forma para modificar a vontade de comer doces: alimentar-se de frente para um espelho. De acordo com o estudo  de pesquisadores da Universidade Cornell, nos Estados Unidos, consumir alimentos calóricos enquanto se observa o próprio reflexo durante a ação, pode estimular a depreciação do sabor dos alimentos e, portanto, consome-se menos.

O experimento foi conduzido com 185 estudantes universitários que foram submetidos a um teste para avaliar o sabor de determinados alimentos. Os pesquisadores pediram para que os alunos escolhessem entre um bolo de chocolate e uma salada de frutas. Após selecionar a sobremesa, metade deles foi direcionada para uma sala com espelhos e a outra metade foi encaminhada para um local sem nenhum objeto que produzisse qualquer tipo de reflexo. Todos tiveram de consumir o alimento que haviam escolhido e, posteriormente, completar um questionário sobre o sabor da refeição.

Leia Também 

Beber água antes das refeições ajuda a emagrecer

Dieta do mediterrânea retarda o envelhecimento cerebral

Dieta rica em fibras ajuda o sono

 A pesquisa concluiu que aqueles que consumiram o bolo de chocolate na sala com espelhos apreciaram menos o sabor do doce do que aqueles que consumiram o mesmo alimento na sala sem espelhos. Em contrapartida, entre aqueles que optaram pela salada de frutas, não houve diferença na avalição do sabor, independente do local onde consumiram – com ou sem espelhos.

De acordo com os pesquisadores, os resultados do estudo apontam que o ato de comer em frente ao espelho pode induzir à observação mais atenta aos hábitos alimentares e ao julgamento da qualidade do que estão consumindo. Isso pode alterar, portanto, a maneira como apreciam o alimento e, consequentemente, o apetite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.