Ocorrências Policiais

Dois homens são presos com arma roubada de PM

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

Dois homens foram presos nesta segunda-feira, 2, em uma região conhecida como “Timbalada”, no bairro de Tancredo Neves. Com Fábio Santos Silva, o “pedreiro”, 20 anos, e Luís Henrique Pedreira de Sousa, 23, a polícia encontrou duas armas, sendo que uma pertence a um soldado da Polícia Militar roubada no dia 25 de setembro, no bairro do Stiep. Um homem conseguiu fugir.

Policiais da 23ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/ Tancredo Neves) chegaram ao local após uma denúncia anônima de que um homem estaria com uma arma de fogo em uma das ruas do bairro. Na mesma operação, foram apreendidos aparelhos de som e peças de carros, mochilas, relógios e notebooks.

Segundo o major Sérgio Merces, comandante da 23ª CIPM, a polícia já investigava o local. “O sinal do GPS do celular, roubado do soldado, indicava a mesma região (da denúncia), então deslocamos nossa guarnição e conseguimos efetuar as prisões e apreender as armas”, explicou o major, por meio de nota divulgada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA).

Um dos principais suspeitos do roubo ao PM, Mateus Firmino Pedreira, 20, conseguiu fugir. Contudo, a mãe do suspeito informou que a pistola roubada estava na casa de um primo de Mateus. “Na casa de Luís, além da arma do PM, encontramos 11 munições intactas”, disse o major. A polícia ainda busca o suspeito.

A outra arma foi encontrada com “pedreiro”. Ele e Luís Henrique foram conduzidos à Central de Flagrantes, na Av. Tancredo Neves.