Itaberaba

DEU RUIM: Polícia Rodoviária Federal apreende 44 comprimidos de “rebites” em Itaberaba

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

No início da noite ontem (29/10), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou uma fiscalização na BR 242, em Itaberaba, para coibir o uso e a posse de drogas por motoristas profissionais.

Os trabalhos começaram no início da noite e foram até a madrugada, resultando na apreensão de 44 comprimidos de “rebites”, substância originalmente produzida como supressor de apetite, mas que é utilizado por motoristas como inibidor de sono. A substância que compõe o medicamento tem a produção e a comercialização proibidas no Brasil desde 2011.

Os cinco condutores foram flagrados entre 17h40 e 22h30, com cartelas inteiras, algumas faltando comprimidos, que possivelmente foram consumidos antes da abordagem. Um dos motoristas declarou para os PRFs que é usuário do medicamento, há mais de 10 anos e que costuma fazer uso de 2 a 3 comprimidos por noite.

Além disso as equipes encontraram com um dos condutores um revólver calibre .38 carregado com cinco munições e mais oito sobressalentes. O homem, que não possuía porte para arma de fogo, informou que a adquiriu com um suposto motoboy do município de Feira de Santana.

As ocorrências foram encaminhadas para a delegacia de polícia judiciária local.