Esportes

Copa América: Classificação do Brasil para a final garante decisão inédita na história

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

Brasil está na final da Copa América. Com a vitória de 2 a 0 em cima da Argentina no Mineirão, a equipe do técnico Tite volta a disputar a decisão da competição após duas edições.

Só que dessa vez acontecerá algo inédito. Com Chile e Peru, que disputam a outra final amanhã, às 21h30 na Arena do Grêmio, a decisão da Copa América será entre Brasil e uma dessas seleções.

Nunca antes na história o Brasil decidiu a competição com chilenos ou peruanos. Até aqui, em todas as finais que disputou, a seleção só teve como adversários o Uruguai, a Argentina, o Paraguai e a Bolívia.

Chile e Peru disputaram a final em apenas oito oportunidades ao longo de todas as 46 edições. O Peru em todas as finais que chegou, ganhou (1939 e 1975). Já o Chile tem dois títulos (2015 e 2016) em seis finais disputadas.

O Chile, em suas finais disputadas, enfrentou apenas a Argentina (três vezes), Uruguai (duas vezes) e Paraguai (uma vez).

Já a seleção peruana teve como adversários em suas duas finais disputadas o Uruguai e a Colômbia.

Em suas 19 decisões de Copa América, o Brasil teve a Argentina como sua maior adversária. Foram 10 finais. Contra o Uruguai foram 5. O Paraguai foi adversário da seleção em decisões por três oportunidades e a Bolívia uma vez.

O Brasil chega na final da competição com uma campanha quase perfeita. Foram até aqui cinco jogos, com quatro vitórias e um empate com a Venezuela em Salvador.

O Peru, que pode enfrentar a seleção na decisão, já mediu forças com o Brasil na competição e foi goleado por 5 a 0 na Arena Corinthians em jogo válido pela última rodada da fase de grupos.

A decisão da Copa América será disputada no próximo domingo, às 17h, no Maracanã. O Brasil já se garantiu na decisão, e espera seu adversário para uma final inédita para quem sabe levantar o título em casa.