Empregos

Contracheque alto a vida toda; veja a lista dos maiores salários em carreiras federais

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

Receber mais de R$ 20 mil por mês até que a morte os separe da vida é o sonho de muita gente. Um dos caminhos possíveis para ser contemplado com essa remuneração é prestar um concurso público. No âmbito federal, o soldo inicial dos cargos com maiores salários varia de R$ 16 mil a R$ 21 mil, segundo o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.

Ainda de acordo com o ministério, médicos de instituições federais de ensino lideram o ranking e podem ter remuneração de até R$ 29 mil quando alcançar o topo da carreira. Em segundo lugar no ranking das melhores remunerações do serviço público federal aparecem a de delegado de polícia, perito criminal federal e médico-legista civil. Nessas funções, os salários variam de R$ 21 a R$ 28 mil.

O cargo de defensor público federal também se destaca. O subsídio é de R$ 22.197,6 e a boa notícia é que na última terça-feira, o edital para esse concurso foi lançado. As inscrições custam R$ 200 e seguem de 30 de junho a 25 de julho no site www.cespe.unb.br. No total são 25 vagas e cadastro reserva.

Sem previsão

Para as outras carreiras do Executivo federal, os certames estão restritos devido às medidas de ajuste final, segundo explicou o Ministério do Planejamento. Porém, esse tempo ocioso pode ser a oportunidade para o concurseiro ganhar tempo e se preparar para os certames, já que a concorrência é grande.

Para Alan Vinícius, professor de Direito Constitucional do Acerte Concursos,  quem tem interesse em investir em mais de uma área, o interessante “é que se verifique o ponto presente em todas, como disciplinas básicas”.

Edmundo Garcia, especialista em Direito Administrativo e professor de cursos preparatórios para concurso, diz que estudar por editais anteriores é uma das melhores saídas. “É uma grande dica. Algumas coisas mudam, mas geralmente não são grandes alterações”, garante

Maiores salários

  • R$ 16.411,94 a R$ 29.133,55 – Médico de Ifes/Médico veterinário de Ifes
  • R$ 21.644,37 a R$ 28.262,24 – Delegado de Polícia Federal/Perito criminal/Delegado de Polícia Civil
  • R$ 19.211,01 a R$ 27.943,07 – Auditor fiscal do trabalho/Auditor fiscal da Receita
  • R$ 19.197,67 a R$ 24.943,14 – Advogado da União/Defensor público federal/Procurador federal

Saia na frente  e antecipe seus estudos

Edital e provas  anteriores: Saber os conteúdos é o primeiro passo para o estudo. Se o edital ainda não saiu, o anterior é o melhor caminho para conhecer os conteúdos.  Refazer provas antigas ajuda na absorção dos assuntos e a saber como os  conteúdos serão cobrados.

Disciplinas básicas: Assuntos de Português, Raciocínio Lógico, Direito Administrativo e Constitucional costumam ser cobrados na maioria dos concursos federais.

Simulado: O tempo pode ser um vilão na hora da prova. Quando estiver com todas as disciplinas revisadas, é válido refazer provas antigas e cronometrar com o tempo disponível para o concurso.

Banca: Cada empresa organizadora de concurso tem seu jeito de perguntar. Conhecer esse jeito ajuda na aprovação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.