Itaberaba

Comandantes regionais da PM se encontram em Itaberaba para discutir gestão

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

Representantes do Comando de Policiamento Regional (CPR) da Polícia Militar (PM) na Chapada Diamantina e de unidades especializadas se reuniram no auditório da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), em Itaberaba, nas últimas terça (21) e quarta-feira (22), para discutir a Gestão Estratégica de Polícia Comunitária. O facilitador do encontro foi o coronel Antônio Sebastião dos Santos Rocha, assessor do Comando Geral da Polícia Militar.

Ele falou sobre a importância do alinhamento das ações policiais dentro da filosofia da Polícia Comunitária, levando à população da Chapada, com mais de 1 milhão de habitantes, o sentimento de confiança, integração e segurança. Ele observou também pontos como a necessidade de que os policiais conheçam o território, a interlocução com a comunidade, a fomentação de participação de outros órgãos de defesa social, além da valorização dos policiais, para a melhor prestação de serviços. Além disso, foram produzidos trabalhos técnicos, com elaboração de propostas para diversos problemas relacionados à Segurança Pública.

Para finalizar o encontro, o Tenente–coronel Valter Araújo, comandante interino da CPR Chapada, afirmou que com a materialização de um relacionamento próximo e respeitoso com os cidadãos levará a uma construção de saídas eficientes para os efeitos produzidos pela violência na região.