Notícias

Com participação de Flordelis e filhos, polícia faz reconstituição da morte do pastor Anderson neste sábado

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

Deputada foi intimada. Após a prisão de filhos pela morte do pastor, Polícia Civil suspeita de motivos financeiros e desavenças sobre a gestão patrimonial como razão para o crime.

 

A Polícia Civil marcou para este sábado (21), às 21h, a reconstituição da morte do pastor Anderson do Carmo, ocorrida em 16 de junho em Pendotiba, Niterói, na Região Metropolitana do Rio. A deputada federal Flordelis e filhos do casal, investigados pela Delegacia de Homicídios de Niterói por suspeita de envolvimento com o crime, participarão da reprodução simulada.

Os dois filhos de Flordelis que estão presos também vão participar da reconstituição. São eles:

  • Flávio Rodrigues – apontado pela polícia como o autor dos disparos.
  • Lucas de Souza – suspeito de conseguir a arma do crime.

Flávio é filho biológico de Flordelis. Lucas foi adotado. Eles viraram réus pela participação no crime e terão que aguardar o julgamento em regime fechado.

Filho da deputada Flordelis, Lucas dos Santos de Souza — Foto: Patrícia Teixeira/G1

Filho da deputada Flordelis, Lucas dos Santos de Souza — Foto: Patrícia Teixeira/G1

Pistola 9mm foi encontrada no quarto de Flávio, um dos filhos de Flordelis — Foto: Reprodução/ TV Globo

Pistola 9mm foi encontrada no quarto de Flávio, um dos filhos de Flordelis — Foto: Reprodução/ TV Globo

De acordo com a denúncia do MP, Flávio vai responder por porte ilegal de arma de fogo. A acusação diz que foi ele quem atirou no pastor. Já o irmão teria sido seu cúmplice ao comprar a arma do crime. O armamento, segundo depoimento do motorista de Flordelis, foi adquirido na favela Nova Holanda, no Complexo da Maré.

Os dois são acusados de homicídio triplamente qualificado (por motivo torpe, meio cruel e impossibilidade de defesa da vítima), com pena prevista de 12 a 30 anos.

O crime completou três meses na segunda-feira (16). A suspeita é que o pastor foi morto por motivos financeiros e desavenças sobre a gestão patrimonial da família.

Policiais cumprem mandado de busca em escritório de Flordelis no Centro do Rio — Foto: Reprodução/TV Globo

Policiais cumprem mandado de busca em escritório de Flordelis no Centro do Rio — Foto: Reprodução/TV Globo

Polícia apreende peças-chave

Nesta terça-feira (17), a polícia cumpriu mandados de busca e apreensão em quatro endereços ligados à deputada no Rio de Janeiro e no apartamento funcional em Brasília.

Entre documentos e equipamentos recolhidos, os investigadores destacam o celular de Lorrayne, uma das netas de Flordelis, e um computador que pertencia ao pastor.

A perícia vai verificar se o laptop foi pareado com o telefone e conter mais informações – além de e-mails e registros de bate-papos.