Carros Lançamentos Carros

Chevrolet S10 High Country

Nova versão topo de linha aposta no luxo e visual diferenciado.
Nova versão topo de linha aposta no luxo e visual diferenciado.

A Chevrolet S10 é a principal picape média do mercado nacional – no primeiro semestre de 2015 foram mais de 19 mil unidades vendidas, cerca de 30% de participação, contra 26,4% da Toyota Hilux. Sua força está, principalmente, no agronegócio – e claro que a Chevrolet sabe disso melhor do que ninguém.

Aqui você encontra mais notícias de Itaberaba

Pois além de fazer bonito como carro de trabalho, ela mira em um nicho mais específico do campo: os donos do negócio. A High Country, que foi mostrada no último Salão do Automóvel de São Paulo, em 2014, é a nova versão topo de linha e vem equipada com o motor 2.8 turbodiesel de 200 cavalos, câmbio automático de seis marchas e tração 4×4 pelo preço de R$ 163.800,00. Seu principal apelo de venda é o visual diferenciado e mais equipamentos.

dentista-aparelho-implante-canal-dente-clinica-ortodontia-itaberaba-noticias-gardel-costa

Carro do patrão – Para se destacar das demais picapes de trabalho, a High Country lança mão de um conjunto de acessórios que, apesar de relativamente simples, tem um efeito bastante satisfatório. A que mais chama a atenção é o santantonio. A peça é larga e integrada à caçamba, o que acaba, visualmente, alongando a cabine e deixando a picape mais alta. Além disso, os faróis com projetor têm máscara negra, o para -choque dianteiro ganhou protetor frontal. A lista de diferenciais ainda traz estribos laterais, rodas 18 com superfície usinada, lanternas de LED, rack de teto com barras longitudinais e transversais, além de frisos na base dos vidros das portas e maçaneta da tampa traseira cromados.

No interior, a marca também buscou dar um upgrade em relação à LTZ, adotando padrão parecido com o encontrado na Trailblazer. Os bancos são de couro ecológico com costura prespontada, presença de descansa braço traseiro e regulagem elétrica no banco do motorista. Na lista de equipamento, a High Country acrescenta, em relação à LTZ, a câmera de ré. Completam a lista dos principais equipamentos de série:

– ar-condicionado digital
– computador de bordo
– sensor de estacionamento
– piloto automático
– sistema multimídia MyLink
– controle de tração e estabilidade
– freios ABS com EBD (distribuição eletrônica de frenagem)
– assistente de partida em aclive
– controle de velocidade em declive

Impressões ao dirigir – Não há mudanças em relação à parte mecânica. Ou seja, ao volante, o motorista encontra um conjunto mecânico bem disposto: são 51 mkgf a 2000 rpm, com 90% disponíveis a partir de 1700 rpm. No test-drive que realizamos na pista de testes da GM, localizada em Indaiatuba (SP), pudemos constatar respostas em arrancadas e retomadas, enquanto o controle de estabilidade garante contorno de curvas com bastante tranquilidade, apesar dos quase 21 cm de altura da carroceria em relação ao solo. O bom torque também se fez presente na trilha leve que fez parte do test-drive, superando trechos arenosos e subidas íngremes com facilidade. A Chevrolet promoveu uma recalibração da suspensão em toda a linha – aparentemente, em nosso curto test-drive, a mudança melhorou a absorção das irregularidades, fazendo com que os ocupantes chacoalhem menos a bordo, sem que isso se traduza em uma maior oscilação da carroceria nas curvas e frenagens.

Versão Freeride – Além da High Country, a Chevrolet introduziu também a edição especial Freeride, que segundo a marca busca reunir mecânica, equipamentos e acessórios preferidos da maioria dos compradores. A S10, por sinal, é o veículo da marca que mais vende acessórios e que tem o maior tíquete médio – o valor total gasto para equipar o carro.

O modelo usa motor 2.5 Ecotec flex com injeção direta de combustível (206/197 cv), transmissão manual de seis marchas. Seus principais equipamentos são:
– sistema multimídia Chevrolet MyLink
– ar-condicionado
– computador de bordo
– vidros e travas acionados por controle remoto
– retrovisores elétricos
– piloto automático
– rodas aro 16
– capota marítima
– santo Antonio
– câmera de ré

Outras versões – No final de setembro a linha S10 ainda ganhará duas outras novidades. A primeira é a S10 ChassiCab, versão exclusiva para o segmento frotista e preparada para customização conforme a necessidade da empresa: baú, carroceria ou guindastes. Ela pode ser equipada com o motor 2.4 FlexPower de até 147 cv de potência com etanol e 24,1 kgfm de torque ou o motor 2.8 Turbodiesel de 200 cv e 44,9 mkgf. Sua capacidade de carga é a maior da linha, de até 1.343 kg.

A outra novidade será a linha será a edição especial S10 Advantage, com foco na relação custo-benefício e baseada no modelo LT 4×2. O motor é o 2.4 FlexPower, de até 147 cv com etanol e câmbio manual de seis marchas. Externamente, ela trará rodas escuras aro 16, faróis de neblina e maçanetas pintadas na mesma cor da carroceria. Na lista de equipamentos, destaque para portas, os vidros e os retrovisores elétricos, sistema multimídia MyLink e regulagem de altura para direção e o banco do motorista e direção possuem sistema de regulagem de altura.

Veja também