Esportes

Brasil perde para a Argentina de Sampaoli em Melbourne

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

O técnico Tite foi superado no aguardado primeiro encontro com o estreante Jorge Sampaoli e sofreu sua primeira derrota no comando da seleção brasileira.  Diante de mais de 95.000 torcedores em Melbourne, a Argentina bateu o Brasil por 1 a 0 em amistoso na manhã desta quarta-feira. Em condições incomuns – jogo na Austrália, começando às 7h (de Brasília), sem transmissão da Rede Globonem Neymar em campo – o clássico do futebol sul-americano foi um ótimo teste para as duas equipes. A seleção brasileira novamente conseguiu parar Lionel Messi, mas sofreu com a pressão argentina e com a sequência de gols perdidos, e foi derrotada com um gol do zagueiro Gabriel Mercado.

A Argentina, em crise e precisando se reestruturar para espantar o risco de não se classificar à Copa de 2018, precisava muito mais do resultado que a seleção brasileira, já garantida na Rússia. Tite deu férias antecipadas a diversos titulares, como Daniel Alves, Casemiro, Marcelo e até seu principal jogador, Neymar, e testou outros jogadores.

A Argentina de Sampaoli começou o jogo pressionando a seleção brasileira em sua defesa. Aos seis minutos, o time argentino assustou Weverton pela primeira vez: Ángel Di María arrancou em velocidade pela esquerda e, quase sem ângulo, acertou a trave do goleiro brasileiro. Aos 21 minutos, o Brasil teve ótima chance, em contra-ataque puxado por Willian. O substituto de Neymar arrancou livre pela esquerda e passou para Philippe Coutinho, que demorou um pouco a finalizar, e foi travado por Otamendi.

Brasil x Argentina: amistoso da seleção brasileira na Austrália

Jesus sofreu com a forte marcação argentina (Jason Reed/Reuters)

A Argentina seguiu pressionando a saída de bola brasileira, mas o time de Tite conseguiu escapar da armadilha, sobretudo graças à qualidade de Gabriel Jesus de deixar a área e reter a bola no pivô. De volta à seleção depois de perder os jogos contra Uruguai e Paraguai nas Eliminatórias por lesão, o atacante do Manchester City assustou os torcedores ao levar um pisão do zagueiro Maidana, que recebeu cartão amarelo no lance. Gabriel Jesus fez cara de dor e deixou o campo mancando, mas retornou rapidamente.

Lionel Messi seguia bem marcado e buscando o jogo longe da área. O ataque da Juventus, com Higuaín e Dybala, também ficava preso na marcação brasileira, mas a subida dos laterais começou a sufocar a seleção brasileira. Aos 42 minutos, Dybala chutou colocado da entrada da área e a bola passou perto da trave. Aos 45, a Argentina conseguiu furar a defesa brasileira com seus defensores: Di María levantou na área, Otamendi subiu livre e cabeceou na trave; na sobra, Mercado completou para o gol.

Pressão brasileira

O jogo melhorou na segunda etapa, assim como a seleção brasileira – e até os comentários de Pelé. Aos 13 minutos, Philippe Coutinho fez boa jogada pela esquerda, enfileirou adversários e bateu para o gol, mas a bola parou nas costas de Paulinho, que estava impedido. Aos 17 minutos, o Brasil perdeu uma chance incrível: Gabriel Jesus recebeu livre, driblou o goleiro Romero e chutou na trave; na sobra, Willian também falhou na conclusão e acertou o poste.

Tite colocou Douglas Costa e Rafinha para tentar aproveitar o bom momento do time no jogo. Messi pouco tocou na bola na segunda etapa e o Brasil seguiu pressionando, mas Sampaoli fechou a equipe e conseguiu segurar o resultado. Foi a primeira derrota de Tite em 10 partidas pela seleção brasileira. O time volta a campo na próxima terça-feira para mais um amistoso, contra a anfitriã Austrália, novamente às 7h da manhã (horário de Brasília), no mesmo estádio Melbourne Cricket Ground.

Goleiro Weverton defende cobrança de falta durante amistoso entre Brasil e Argentina - 09/06/2017

1/8Goleiro Weverton defende cobrança de falta durante amistoso entre Brasil e Argentina – 09/06/2017 (Jason Reed/Reuters)Gabriel Mercado, da seleção argentina, comemora gol contra o Brasil durante amistoso em Melbourne, Austrália - 09/06/2017

2/8Gabriel Mercado, da seleção argentina, comemora gol contra o Brasil durante amistoso em Melbourne, Austrália – 09/06/2017 (Robert Cianfone/Getty Images)Amistoso entre Brasil e Argentina - 09/06/2017

3/8Amistoso entre Brasil e Argentina – 09/06/2017 (Jason Reed/Reuters)Philippe Coutinho disputa bola com Gabriel Mercado, da Argentina, durante amistoso entre as duas seleções em Melbourne, na Austrália - 09/06/2017

4/8Philippe Coutinho disputa bola com Gabriel Mercado, da Argentina, durante amistoso entre as duas seleções em Melbourne, na Austrália – 09/06/2017 (Jason Reed/Reuters)Lionel Messi, da Argentina, disputa bola com Fernandinho, durante amistoso em Melbourne, na Austrália - 09/06/2017

5/8Lionel Messi, da Argentina, disputa bola com Fernandinho, durante amistoso em Melbourne, na Austrália – 09/06/2017 (Jason Reed/Reuters)Argentino José Gomez Luis e brasileiro Filipe Luis disputam bola durante amistoso entre as seleções em Melbourne, na Austrália - 09/06/2017

6/8Argentino José Gomez Luis e brasileiro Filipe Luis disputam bola durante amistoso entre as seleções em Melbourne, na Austrália – 09/06/2017 (Jason Reed/Reuters)Paulinho e Di Maria se confrontam durante amistoso entre as seleções brasileira e argentina, em Melbourne, Austrália - 09/06/2017

7/8Paulinho e Di Maria se confrontam durante amistoso entre as seleções brasileira e argentina, em Melbourne, Austrália – 09/06/2017 (Jason Reed/Reuters)

Pelé e Denilson comentam amistoso entre Brasil e Argentina - 09/06/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.