Notícias

Bolt faz chifrinho em repórter brasileiro

Na noite em que se tornou o primeiro atleta a vencer a prova dos 200m por três Olimpíadas seguidas e embolsou a oitava medalha de ouro da carreira, o jamaicano Usain Bolt sorria largo. E mais do que isso: fazia graça com os outros. Que o diga o repórter  Mendel Bydlowski, do canal pago ESPN Brasil, que levou chifrinhos do chamado raio das pistas enquanto aguardava para entrar ao vivo com ele na TV.

Aqui você encontra mais notícias de Itaberaba

“É, o Bolt não estava gostando muito de esperar. O monstro Usain Bolt”, riu, embora sem graça, o repórter ao perceber a brincadeira. Por monstro, ele queria dizer mito, claro. Mas fez sua observação em bom português, em todo caso.

dentista-aparelho-implante-canal-dente-clinica-ortodontia-itaberaba-noticias-gardel-costa

Com a vitória desta quinta-feira, Bolt fica a um passo de cumprir o objetivo que traçou para a Rio-2016 – conquistar o tri nos 100m, nos 200m e no revezamento 4x100m. Em entrevista a VEJA antes dos Jogos, o jamaicano afirmou que, se conseguisse isso, seria grande como “Pelé e Muhammad Ali”.

Veja também