Bahia

Bandidos explodem caixas eletrônicos em Campinas de Pirajá

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

A agência da Caixa Econômica Federal (CEF) da Estrada de Campinas de Prajá foi explodida na madrugada desta terça-feira, 15, por um grupo de aproximadamente 10 homens, segundo informações da Central de Polícia (Centel). É o segundo ataque em menos 36 dias. Em agosto houve uma tentativa, frustrada pela polícia.

Dessa vez, o assalto ocorreu por volta das 3h40 da manhã e foi sentido na vizinhança, por causa do impacto dos explosivos. “Minha gata se jogou do telhado no susto”, contou um homem, vizinho de fundo da agência, na manhã de ontem. .

O depoimento do rapaz foi dado em frente ao banco, enquanto agentes da Polícia Federal (PF) faziam a perícia no local, que já havia sido cercado por policiais militares da 9ª CIPM (Pirajá). Quando os PMs chegaram ao local, os assaltantes já haviam fugido.

Segundo a Centel, os assaltantes atravessaram um caminhão na pista e invadiram a agência. Pelo menos dois dos cinco caixas eletrônicos existentes no banco foram explodidos. A polícia não divulgou se os bandidos conseguiram levar o dinheiro.

Mais estragos

Estilhaços de vidro chegaram a atingir a via, que liga os bairros São Caetano e Pirajá à BR-324. Uma estrutura de metal atingiu o prédio da frente, que abriga a loja Americanas, e danificou o portão do estabelecimento. 

O forro do teto do banco ainda desabou. Na ação do último dia 11, os bandidos agiram após 32 dias da agência fechada devido a greve dos bancários. De acordo com o Sindicato dos Bancários da Bahia, oito ataques a bancos foram registrados neste mês na Bahia. Desde janeiro, foram 86 casos contabilizados. 

Em 2015 inteiro, a instituição registrou 209 ataques a bancos no Estado.