Notícias

As 25 cidades mais violentas do Brasil

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

O ‘Mapa da Violência 2016 – Homicídios por Armas de Fogo no Brasil’, elaborado pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), aponta que 44.861 pessoas morreram no País, em 2014, vítimas de armas de fogo. Sob coordenação do sociólogo Julio Jacobo Waiselfisz, o estudo mostra que dois terços dos municípios brasileiros mais violentos ficam na Região Nordeste. Confira a seguir quais são as 25 cidades com os maiores índices de mortes com armas de fogo por habitante:

Segundo o 'Mapa da Violência', Macaíba, no Rio Grande do Norte, é a 25ª cidade com a maior quantidade de homicídios por arma de fogo por número de habitantes, com 75

Segundo o ‘Mapa da Violência’, Macaíba, no Rio Grande do Norte, é a 25ª cidade com a maior quantidade de homicídios por arma de fogo por número de habitantes.

A cidade de Santa Cruz Cabrália, na Bahia, é a 24ª mais violenta do País e apresenta taxa de 75,1 assassinatos com arma de fogo por habitante

A cidade de Santa Cruz Cabrália, na Bahia, é a 24ª mais violenta do País e apresenta taxa de 75,1 assassinatos com arma de fogo por habitante.

De acordo com o estudo da Flacso, Fortaleza é a 23ª cidade mais violenta do Brasil, com índice de 75,3 mortes por arma de fogo por habitante; entre as capitais, é a segunda pior

De acordo com o estudo da Flacso, Fortaleza é a 23ª cidade mais violenta do Brasil, com índice de 75,3 mortes por arma de fogo por habitante; entre as capitais, é a segunda pior

Outra cidade cearense na lista das mais violentas do Brasil é Jaguaribara, com taxa de 76,8

Outra cidade cearense na lista das mais violentas do Brasil é Jaguaribara, com taxa de 76,8

Segundo o 'Mapa da Violência', a capital de Alagoas, Maceió, é a mais violenta do País, com índice de 77,2 homicídios com armas de fogo por habitante - no geral, é o 21º município do Brasil

Segundo o ‘Mapa da Violência’, a capital de Alagoas, Maceió, é a mais violenta do País, com índice de 77,2 homicídios com armas de fogo por habitante – no geral, é o 21º município do Brasil

 

Com taxa de 77,9, Horizonte, no Ceará, é o 20º cidade mais violenta do Brasil

Com taxa de 77,9, Horizonte, no Ceará, é o 20º cidade mais violenta do Brasil

Em 19º no ranking da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais, com taxa de 78,1, está Tabuleiro do Norte, também no Ceará

Em 19º no ranking da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais, com taxa de 78,1, está Tabuleiro do Norte, também no Ceará

Arapiraca, em Alagoas, é o 18º município mais violento do País, com 79,7 assassinatos com arma de fogo por habitante

Arapiraca, em Alagoas, é o 18º município mais violento do País, com 79,7 assassinatos com arma de fogo por habitante

A 17ª cidade mais violenta do Brasil é Itaitinga, no Ceará, com índice de 79,9

De acordo com o 'Mapa da Violência', Santa Rita, na Paraíba, é a 16ª cidade com a maior taxa de homicídios com arma de fogo por habitante: 80

De acordo com o ‘Mapa da Violência’, Santa Rita, na Paraíba, é a 16ª cidade com a maior taxa de homicídios com arma de fogo por habitante: 80

Rio Largo, em Alagoas, é o 15º município mais violento do Brasil, com taxa de 80,5

Rio Largo, em Alagoas, é o 15º município mais violento do Brasil, com taxa de 80,5

Na 14ª colocação entre as cidades com maior taxa de homicídios com arma de fogo por habitante está Porto Seguro, na Bahia, com 81

Na 14ª colocação entre as cidades com maior taxa de homicídios com arma de fogo por habitante está Porto Seguro, na Bahia, com 81

Também na Bahia está Itabuna, a 13ª cidade mais violenta do País, com índice de 81,2

Também na Bahia está Itabuna, a 13ª cidade mais violenta do País, com índice de 81,2

No 12º posto do estudo elaborado pela Flacso está Quixeré, no Ceará, com 85,1 homicídios com arma de fogo por habitante

No 12º posto do estudo elaborado pela Flacso está Quixeré, no Ceará, com 85,1 homicídios com arma de fogo por habitante

Com taxa de 85,2, Marechal Deodoro, em Alagoas, é o 11º município mais violento do País

Com taxa de 85,2, Marechal Deodoro, em Alagoas, é o 11º município mais violento do País

Lauro de Freitas, na Bahia, é a 10ª cidade com maior número de assassinatos com arma de fogo por habitante: 85,9

Lauro de Freitas, na Bahia, é a 10ª cidade com maior número de assassinatos com arma de fogo por habitante: 85,9

Outro município baiano entre os mais violentos no ‘Mapa da Violência’ é Pojuca, com taxa de 87,3, na nona posição

Também na Bahia, Simões Filho é considerada pela Flacso a oitava cidade mais violenta do País, com taxa de 91,4

Também na Bahia, Simões Filho é considerada pela Flacso a oitava cidade mais violenta do País, com taxa de 91,4

Entre as 25 cidades mais violentas do Brasil, a única que não se localiza no Nordeste é Ananindeua, no Pará, que aparece com índice de 91,6 na sétima colocação

Entre as 25 cidades mais violentas do Brasil, a única que não se localiza no Nordeste é Ananindeua, no Pará, que aparece com índice de 91,6 na sétima colocação

Pilar, em Alagoas, é o sexto município com maior taxa de assassinatos com arma de fogo por habitante: 92,5

Na quinta colocação entre os municípios mais violentos do País está Eusébio, no Ceará, com taxa de 93,4

A quarta cidade mais violenta do Brasil é Conde, na Paraíba; sua taxa é de 94,4

Segundo o 'Mapa da Violência', Satuba é o terceiro município com maior índice de assassinato com arma de fogo por habitante: 95,5

Segundo o ‘Mapa da Violência’, Satuba é o terceiro município com maior índice de assassinato com arma de fogo por habitante: 95,5

De acordo com a Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais, Murici, em Alagoas, é a segunda cidade mais violenta do País, com taxa de 100,7 homicídios com arma de fogo por habitante

De acordo com a Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais, Murici, em Alagoas, é a segunda cidade mais violenta do País, com taxa de 100,7 homicídios com arma de fogo por habitante

Segundo o 'Mapa da Violência', a cidade mais violenta do País é Mata de São João, na Bahia, com 102,9 assassinatos com arma de fogo por habitante. Localizado a 60 quilômetros de Salvador, o município vive duas realidades distintas: uma rotina no centro, com entorno violento, e outra em seu litoral, dominado por hotéis e resorts de luxo, onde reina relativa tranquilidade.

Segundo o ‘Mapa da Violência’, a cidade mais violenta do País é Mata de São João, na Bahia, com 102,9 assassinatos com arma de fogo por habitante. Localizado a 60 quilômetros de Salvador, o município vive duas realidades distintas: uma rotina no centro, com entorno violento, e outra em seu litoral, dominado por hotéis e resorts de luxo, onde reina relativa tranquilidade.