Notícias

Após ser espancada, namorada de jogador posta fotos nas redes sociais

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

A britânica Lauren Richmond, 22 anos, mostrou em suas redes sociais as marcas da agressão que o namorado Jordan Greaves, jogador inglês de críquete, fez em seu rosto, após chegar em casa alcoolizado. De acordo com a jovem, o atleta a espancou após chegar em casa alcoolizado.

A moça decidiu compartilhar as imagens nas redes sociais e fez questão de ressaltar que não quer mais se relacionar com Greaves, que atua no Skelmanthorpe Cricket Club. “Ele me mandava vestir a roupa que ele quisesse e disse que não era permitido eu ter amigos homens”, comentou.

Lauren e Jordan se conheceram em 2015 (Foto: Reprodução)

Os dois se conheceram em 2015, quando Greaves estava de férias e ela trabalhava como socorrista. “No começo era amável e carinhoso, estávamos apaixonados, tudo era perfeito”, disse a jovem na postagem do Facebook em que acusa o ex de espancamento. Segundo Lauren, as coisas começaram a mudar quando passou a morar com ele. “Passou a ter uma obsessão sobre a minha vida”, contou.

“No começo eram pequenos comentários sobre as roupas que eu vestia e as maquiagens que eu usava. Depois disse que não poderia mais ter amizades masculinas. Cheguei até a pedir demissão de um trabalho por ter um gerente homem. A gente brigava, mas ele se desculpava dizendo que isso nunca mais iria acontecer”, completou Lauren.

Agressão ocorreu em maio, mas só agora Lauren resolveu tornar o caso público (Foto: Reprodução)

A agressão, segundo o relato de Lauren, aconteceu em 1º de maio deste ano, mas só agora ela resolveu compartilhar as imagens da agressão. Naquela noite, o jogador tinha saído para beber com os amigos depois de vencer uma partida. Ao encontrar a sua então namorada, o atleta começou a dar socos e chutes nela, quase desfigurando seu rosto. Ela também apresentava diversas marcas de agressão pelo corpo.

Lauren levou a agressão para a Corte Judicial de Kirklees, que já tomou algumas medidas contra o jogador. Greaves teve que pagar uma multa equivalente a R$ 1.000, foi condenado a prestar 180 horas de trabalho voluntário e não poderá mais dirigir nos próximos 20 meses, além de receber uma ordem de restrição contra a ex-namorada. Com informações do jornal O Dia.