Espiritualidade

Amando e odiando

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

Nós não deveríamos ter qualquer ligação com malfeitores e ímpios. Davi disse: “Tenho por eles ódio implacável!” (Sl 139.22). No primeiro versículo do primeiro salmo da Bíblia, o autor louva quem os evita: “Como é feliz aquele que não segue o conselho dos ímpios, não imita a conduta dos pecadores, nem se assenta na roda dos zombadores!”. Quem gasta muito tempo com falsos mestres acaba compartilhando de suas falsas doutrinas, mentiras e erros. Quem brinca com carvão fica sujo.

Mas o nosso Senhor Jesus Cristo não ordenou que nós amássemos os nossos inimigos em Mateus 5.44? Por que, então, Davi se gaba de odiar os malfeitores e de não se sentar com os ímpios? Não deveríamos agir com bondade com eles, fazendo com que se sintam culpados e envergonhados? Sim, nós devemos odiá-los – mas somente no que diz respeito aos seus falsos ensinamentos. No restante, devemos estar prontos para servi-los, a fim de que alguns se convertam. Nós precisamos amá-los como pessoas, mas odiar o que eles ensinam. Acabamos sendo forçados a escolher entre odiá-los e odiar a Deus, que ordena e deseja que nos apeguemos somente à sua Palavra. Esse ódio é uma animosidade sagrada, que flui do amor. O amor está sujeito à fé, e a fé deve se encarregar do amor.

Quando a integridade da Palavra de Deus está em jogo, o amor acaba e o ódio começa. Entretanto, se somente assuntos pessoais estiverem em jogo (como propriedade, honra ou corpos) devemos respeitar e servir. Deus nos dá esses presentes para podermos ajudar outras pessoas. Nós podemos arriscá-los para servir. Contudo, não podemos arriscar a Palavra de Deus, pois ela pertence ao Senhor.

Retirado de Somente a Fé – Um Ano com Lutero. Editora Ultimato.