História

4 imagens históricas do Açude Juracy Magalhães

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

O açude Juracy Magalhães é um dos pontos turísticos e ecológicos mais importantes de Itaberaba.

Inaugurado no dia 14 de janeiro de 1933, a Barragem do Açude Público Juracy Magalhães Júnior começou a ser construído no ano de 1932. Recebeu este nome para homenagear o político Juracy Magalhães Júnior.  As barragens têm como principal função, estocar água em locais em que sua escassez é predominante.

Historicamente, o nordeste sempre sofreu com a insuficiência de água. No ano de 1932, houve uma grande seca. Em 1945, uma grande seca atinge o nordeste, sendo criado o Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (DNOCS), que passou a desempenhar as tarefas antes atribuídas à Inspetoria Federal de Obras Contra as Secas, criada em 1919.

Porém, a Barragem Juracy Magalhães, que foi construído sob o Rio Piranhas, não teve a finalidade de abastecer a cidade de Itaberaba, pois as águas do rio são salobras, sendo inapropriada para o consumo humano, a irrigação e no uso para construção civil. Então, a barragem do açude Juracy Magalhães acabou sendo utilizado para o lazer e para ajudar na economia de pequenos pescadores do município.

A importância da preservação desse monumento se deve pelo fato de que a Barragem do Açude Juracy Magalhães Júnior foi construída num momento em que o nordeste passava por uma grande seca, mesmo não sendo responsável pelo abastecimento de água da cidade de Itaberaba. Este é, portanto, um marco do período em que a região passava por grandes dificuldades, marcando a memória dos moradores da região.

Este slideshow necessita de JavaScript.