Notícias

Veja lista dos deputados baianos que votaram pela terceirização

A ODONTOLÓGICA é a principal Clínica da Chapada Diamantina. Atende as regiões de Itaberaba, Iaçu, Boa Vista do Tupim, Ruy Barbosa, Itaetê, Marcionílio Souza, Wagner, Utinga, Lençóis, Andaraí, Nova Redenção, Lajedinho, Ibiquera. Realiza atendimentos com especialistas em odontologia nas áreas de ortodontia, implantes, cirurgia, endodontia (tratamento de canal), odontopediatria, restaurações, periodontia, laserterapia, estética. Procedimentos Realizados: Restaurações, Estética, Periodontia, Tratamento de canal, Ortodontia, Aparelho ortodôntico, Extrações, Profilaxia, Remoção de tártaro, Implante, Enxerto ósseo, Levantamento de seio maxilar, Implantes Carga Imediata. Dr. Gardel Costa é Doutorando, Mestre e Especialista em Implantes, Especialista em Ortodontia, pós-graduado pela New York University.

A maioria dos deputados baianos votaram a favor do projeto que amplia a terceirização, que foi aprovado na noite desta quarta-feira, 22, no Congresso. Dos 33 representantes da Bahia, 19 votaram a favor, 13 contra e um se absteve.

>> Lista de votação dos deputados da Bahia

Afonso Florence (PT) – Não

Alice Portugal (PCdoB) – Não

Arthur Oliveira Maia (PPS) – Sim

Bacelar (PTN) – Não

Benito Gama (PTB) -Sim

Cacá Leão (PP) – Sim

Caetano (PT) – Não

Claudio Cajado (DEM) – Sim

Daniel Almeida (PCdoB) – Não

Davidson Magalhães (PCdoB) -Não

Elmar Nascimento (DEM) – Sim

Félix Mendonça Júnior (PDT) – Não

Irmão Lazaro (PSC) – Não

João Carlos Bacelar (PR) – Sim

João Gualberto (PSDB) – Sim

José Carlos Aleluia (DEM) – Sim

José Carlos Araújo (PR) – Sim

José Nunes (PSD) – Sim

José Rocha (PR) -Sim

Jutahy Junior (PSDB) – Sim

Márcio Marinho (PRB) – Sim

Mário Negromonte Jr. (PP) – Sim

Nelson Pellegrino (PT) – Não

Paulo Azi (DEM) – Sim

Paulo Magalhães (PSD) – Sim

Pr. Luciano Braga (PRB) – Abstenção

Roberto Britto (PP) -Sim

Robinson Almeida (PT) – Não

Ronaldo Carletto (PP) – Sim

Sérgio Brito (PSD) – Sim

Uldurico Junior (PV) – Não

Valmir Assunção (PT) – Não

Waldenor Pereira (PT) -Não

Lei da Terceirização

A Câmara aprovou a redação final do projeto de lei de 19 anos atrás que permite terceirização irrestrita em empresas privadas e no serviço público. A proposta também amplia a permissão para contratação de trabalhadores temporários. Atualmente era permitido contratar esses profissionais por três meses, com a mudança passa a ser por até nove meses, sendo que são seis meses, renováveis por mais três.

O projeto foi aprovado por 231 votos favoráveis, 188 contras e 8 abstenções. O texto final aprovado, que seguirá para sanção do presidente Michel Temer, autoriza a terceirização em todas as atividades, inclusive na atividade-fim. Atualmente, uma jurisprudência do Tribunal Superior do Trabalho (TSE) proíbe terceirizar a atividade-fim da empresa. Por exemplo, um banco não pode terceirizar os funcionários do caixa. A votação da Lei da Terceirização elevou o tom das discussões em Brasília na noite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.